@

« rafael payão | Main | voltei! »

Comments

Rosa

Achei seu blog por acaso na internet. ADOREI A SURPRESA!!Seus trabalhos são maravilhosos!!!
Sou publicitária tb. e conheço uma pessoa q. gostaria de passar o e-mail para q. se vc pudesse procurar saber um pouco sobre ele. E talvez até ajudá-lo a divulgar seus trabalhos(os quais são excelentes). Uma vez que ele faz trabalhos em 3D, Corel, Photoshop, etc...
Ele mora no Hosp.das Clínicas (SP)desde criança pois têm poliomielite e só mexe com os braços.
O nome dele é Paulo seu e-mail é:paulo.machado@hcnet.usp.br

Vitor Mori

Rafael,

Admiro muito a sua pessoa, que carreira fantástica!

Te acompanhei pelo blog "Chacoalhando o cancer" e torci muito por você.

Graças a deus tudo ficou bem.

Um grande abraço,

Vitor Mori

MARCELO PAYÃO

TE ENCONTREI POR ACASO, PESQUISANDO MEU NOME NA NET.PARABÉNS POR SUA TRAJETÓRIA VITORIOSA. GOSTARIA DE SABER SE SOMOS PARENTES.SOU DE SÃO PAULO, MAS ATUALMENTE ESTOU EM BRASÍLIA.ENTRE EM CONTATO.
ABRAÇOS, PAYÃO.

Erik Armiliato

Cara, engraçado como as coisas acontecem né?
hoje estou em são paulo para fazer o pet scan, e tals.. achei seu blog quando eu procurava algo sobre o exame.
Tenho linfoma de hodking, sou publicitario tb!


abraço!

Paula

Que bom!!!
To muito feliz, hoje eu lembrei do seu blog(chacoalhando o cancer)depois de tanto tempo, aí resolvi dar uma passada p/ ver como estão as coisas.
Fico muito feliz em saber que vc está bem.
Fica c/ Deus!
abraço

Vania

Olá Rafa, (fiquei "íntima")no blog da chacoalação...rsrsrs

Fico muitíssiomo feliz de saber que vc está bem, que bom...
Deus continue te abençoando, você é uma referência de superação pra mim.
Fica com Deus.
Abraços

Tássia

Oi Rafael, estou te ecrevendo porque entrei meio sem querer no teu blog e achei mt 10. Parabéns.
Tássia, publicitária, Santa Maria RS.

Ana

ola.. Acompanhei o seu blog chacoalhando cancer... que coisa... parabens por ser um guerreiro.. isso nao é para qualquer um... Um abraço e boa sorte... Ana São Pailo - sP

buy viagra

Para llevar a cabo la intervención, es necesario realizar un acondicionamiento, en el que usando diversos fármacos (en general quimioterapia y/o radioterapia) se eliminan total o parcialmente los progenitores presentes en la medula ósea del paciente dejando espacio para el implante de los progenitores procedentes de la médula ósea del donante. En el caso de un trasplante alogenico haploidentico o de donantes no relacionados, se usan ademas diferentes regimenes de inmunosupresión para evitar el rechazo de los progenitores hematopoyéticos donantes.

The comments to this entry are closed.